04 março 2012

  E ele que parasse ali em frente a mim... Respirara fundo três vezes de maneira a que o meu coração desacelerasse a velocidade tremenda a que ia. Sabia que não era a solução, mas eu tentava, tentava toda a vez que aqueles olhos falavam com os meus. E que conversas tinham... . Por vezes cansavam-se. As pálpebras desciam lentamente e por meros segundos recuperavam a energia necessária para retomarem aquelas silenciosas palavras. Eu não conseguia fugir por muito tempo, pois, sem qualquer sucesso, eu caía nos seus braços, fortes e protetores, que me mantinham firme de qualquer coisa que me tentasse derrubar.


Sim, eu sei, tenho andado super ausente, mas esta vida de estudante não tem facilitado nada. Apesar de não ter publicado nada nestas últimas semanas, tenho vindo na mesma atualizar-me dos vossos cantinhos. 
Vou ter três testes para a semana e sinceramente, começo a ver a vida a andar-me para trás. E vocês? Tenham uma boa semana!

10 comentários:

  1. Estou na mesma "rede" que tu .. Só vejo testes e mais testes! Boa sorte *

    ResponderEliminar
  2. Ohh, muito obrigada querida *.*
    estou apaixonada pelo fundo do teu blog, juro-te que é o mais giro que eu já vi *.*

    ResponderEliminar
  3. Um texto encantador. Boa sorte para esses testes (;

    ResponderEliminar
  4. ówww, fica sempre bem em agradeçer :)

    ResponderEliminar

'o que custa não são as opiniões negativas, o que custa é ninguém dizer nada'