06 julho 2011

  Não nos aproximámos por acaso, pelo menos eu não acredito que tenha sido. Sigo aquela frase que diz que tudo acontece por uma razão, e aceito aquilo que me dão sem qualquer pergunta, mas desta vez, gostava realmente de saber qual o motivo que fez com que as coisas seguissem desta maneira. Sinto-me revoltada pelo rumo que tomou, logo agora que andávamos próximos, não havendo qualquer intenção estrategicamente preparada.
  Estávamos juntos à apenas um ano lectivo, mas quem não cria laços com a pessoa com quem tem de partilhar todas as aulas, todas os dias? Naturalmente, não eram apenas aquelas horas sentados um ao lado do outro, que nos juntavam... Eram os nossos bons e maus dias, eram as boas e as más notas, era a minha má disposição, a tua preocupação, as nossas conversas, os nossos jogos nas "super" aulas, as tuas obras de arte e os meus desenhos básicos, a tua paciência e o teu sorriso.
  O que mais custa não é saber que ficaste para trás, é ter consciência, à medida que os dias passam, que no próximo ano lectivo, já não vais ser o par que me persegue nas aulas de educação física, já não vais estar ao meu lado quando receber qualquer coisa que não me agrade para me consolares à tua maneira, já não vou apreciar mais nenhuma vez a tua concentração ao desenhares, já não vou poder olhar para ti nos olhos e dizer que és o feio da minha vida.
  Nunca chego a entender porque tiram de mim aquilo que melhor tenho.
  Se me perguntarem como estou, estarei a mentir ao responder que estou bem!


32 comentários:

  1. - ó, obrigada mas não está nada de especial o:

    ResponderEliminar
  2. está sempre lindo Inês :O gostei bastante !

    ResponderEliminar
  3. todos temos força interior, encontra a tua e conseguiras querida*

    ResponderEliminar
  4. por vezes é necessário seguir caminhos diferentes na vida e há quem se distancie de nós, por mais dificil que seja para ambos.
    força*

    ResponderEliminar
  5. Como sempre lindo, minha Inês :)
    Força, muita força princesa <3

    ResponderEliminar
  6. Já sabes qualquer coisa, uma apoio, uma palavra de conforto, um ombro amigo sabes que estarei aqui linda :)
    Obrigada meu doce <3

    ResponderEliminar
  7. não escondas, não vale de nada esconder, só piora e torna mais dificil de superar. a ele, já disseste o quanto te custa?

    ResponderEliminar
  8. pode-se tornar mais dificil para ti, mas acho que enquanto não lhe disseres ainda mais pensas nisso, ainda mais te custa. para além de que ele tem 'o direito' de saber como te estás a sentir. E quem sabe se a resposta dele não te vai fazer sentir melhor?! Guardar para ti o que estás a sentir é mau, acho que devias falar com alguém, e a pessoa mais certa é ele mesmo :) o que custa tentar?

    ResponderEliminar
  9. Eu sei que mais tarde ou mais cedo tudo vai mudar, a distância vai acabar por alterar tudo o que criámos, eu sei. Eu sei que tudo vai mudar mas é tão difícil aceitar isto. Não sei se consigo. Nem sei se quero. :c

    ResponderEliminar
  10. Eu vou lutar, não vou desitir!
    Força Inês*

    ResponderEliminar
  11. fazes bem :) depois, se quiseres claro, diz como foi a reacção dele. pode ser que seja boa, e que tu fiques melhor :)

    ResponderEliminar

'o que custa não são as opiniões negativas, o que custa é ninguém dizer nada'