30 junho 2011

Eu andava há algum tempo neste dia-a-dia incerto, que me levava a paciência e a vontade, a cada dia que passava.
Metade de mim dizia que era tudo uma questão de tempo, e que o panorama de descontentamento mudaria por completo assim que aquela fase acabasse.Outra metade de mim, dizia que esse tempo estava a demorar muito a chegar, ou provavelmente até já tinha chegado, apenas ainda não me tinha dado por conta dele, visto que se tornara demasiado natural.
Provavelmente, no meio de todo o processo, onde me convenci que a ilusão não existia mais, já tinha entrado alguém na minha vida, que atenuava todos os meus pequenos problemas que eu tentava corrigir ao longo do tempo. A minha melhor amiga diz que ando a delirar (com o 'novo' ele), e agora pergunto-me se ela não terá razão!
Quando dizia que estava determinada em seguir em frente, estava a tomar a decisão mais consciente que me passava pela cabeça.

8 comentários:

  1. Queria avisar que não consigo comentar os blogues que têm uma página de comentários à parte (não sei explicar de outra forma).
    Estou a tentar resolver o problema, mas se alguém souber a solução, agradecia imenso que me dissessem.
    Desculpem e obrigada!

    ResponderEliminar
  2. nisso aposto que tens razão!
    eu também estou a seguir o teu :)

    ResponderEliminar
  3. obrigada querida :)
    acho que te compreendo, força *

    ResponderEliminar

'o que custa não são as opiniões negativas, o que custa é ninguém dizer nada'