05 fevereiro 2011

Tu querias, tu deixaste-te levar!
Sabias como iríamos acabar, mas eu, não queria pensar nisso tão cedo. A verdade, é que não demorou nada, e o vento levou tudo com ele. Já não existia nada que te prendesse a mim.
Houve uma oportunidade. Uma oportunidade de juntar o impossível.
Os rumos mudaram, e apesar de ter vontade de desviar o meu caminho, continuo aqui, firme, retribuindo sorrisos e tentando não lembrar-me daquilo que foste.
Contigo era diferente. Quando deixar de me preocupar, não tenhas dúvidas, que me esqueci do que me deste durante meses.

8 comentários:

'o que custa não são as opiniões negativas, o que custa é ninguém dizer nada'